Por que motivo as rotinas noturnas são importantes? Um artigo da dermatologista Andrea Combalia

Bakuchiol, Cuidado da Pele | 26 Outubro

O que acontece à pele quando se deita? A noite é um momento de recuperação e regeneração. Quando dormimos, a pele repara-se, renova-se e fica mais recetiva a tratamentos cosméticos. Por esse motivo, a noite é a melhor altura para aplicar princípios ativos que favoreçam a regeneração, a renovação e a nutrição da pele. Neste artigo explicarei porquê.

A pele e o ritmo circadiano

O ritmo circadiano, também conhecido como relógio biológico, engloba as mudanças que ocorrem no nosso organismo em ciclos de 24 horas, dependendo das horas de luz e escuridão. Sabia que a pele também sofre modificações químicas e estruturais durante as 24 horas do dia devido às mudanças de luminosidade?

As células da nossa pele são capazes de se proteger da radiação solar durante o dia. Quando escurece, aumentam a sua atividade reparadora e de divisão celular, permitindo que o tecido se regenere. A noite é, por isso, um momento de recuperação!

Os níveis de cortisol no organismo estão mais elevados durante a manhã para manter o ser humano em modo alerta. Já a melatonina é aumentada à noite para induzir um sono reparador. Além disso, a melatonina tem uma função antioxidante. Sabia que essas hormonas são as que mais influenciam os ciclos da pele?

Quando envelhecemos, temos um ritmo de vida irregular ou dormimos menos horas do que o necessário, perdemos parte dessa capacidade de regeneração celular, favorecendo o envelhecimento prematuro. Dormir bem é essencial para a saúde da pele. Mas podemos fazer mais.

Já ouviu falar em cronocosméticos?

A cronocosmética é definida como uma técnica cosmética muito avançada, na qual os ciclos biológicos da pele foram tidos em consideração. Para entender completamente em que se baseia a cronocosmética, devemos estar conscientes sobre como o ritmo circadiano influencia a pele, mas especialmente o papel de duas das hormonas que influenciam o funcionamento da vida humana: o cortisol e a melatonina.

Como vimos, durante o dia as células da pele estão focadas em defender-se e proteger-se dos raios ultravioleta e das agressões externas, enquanto à noite se dedicam à renovação e reparação. Por isso, podemos potenciar os processos naturais da pele se a ajudarmos a proteger-se durante o dia e a regenerar-se durante a noite. A cronocosmética consiste na escolha criteriosa dos princípios ativos e ingredientes nos horários mais adequados do dia. Ninguém duvida que o protetor solar deve ser aplicado durante o dia, mas também é importante escolher corretamente os produtos que aplicamos antes de dormir.

Na pele sensível e reativa, a noite é um momento fundamental, no qual é essencial fornecer ferramentas que potencializem a capacidade calmante e restauradora da pele e restabeleçam o seu equilíbrio funcional bem como a função barreira.

O Sensilis Upgrade Night Cream redensifica e renova a pele graças à tecnologia cronocosmética noite após noite. Contém lespedeza capitata que proporciona propriedades de ressincronização do ritmo circadiano da pele e bakuchiol, que possui uma ação antienvelhecimento e antioxidante que auxilia na regeneração celular.

O que é bakuchiol?

O bakuchiol é um ingrediente ativo de origem vegetal naturalmente presente nas sementes e folhas da planta psoralea corylifolia com propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e transformadoras.

O bakuchiol estimula a produção de colagénio, ajuda a reduzir as linhas de expressão e melhora significativamente os danos causados ​​pela radiação ultravioleta na pele.

Nos tratamentos para a pele, atua de forma semelhante ao retinol, pois tanto estimula a renovação celular, como combate manchas e redensifica a pele. A sua estrutura química é diferente, mas o efeito na pele é muito semelhante, uma vez que o bakuchiol estimula os mesmos recetores responsáveis ​​pela síntese de colagénio na derme. O bakuchiol já é considerado uma das estrelas dos tratamentos antienvelhecimento.

Bakuchiol ou retinol: que alternativa escolher se tiver pele sensível e reativa?

O retinol é um derivado da vitamina A e pertence à família dos retinoides juntamente com o retinaldeído (uma forma mais estável e melhor tolerada) e o ácido retinoico, mais eficaz que os anteriores, mas também mais agressivo. Na verdade, este último é considerado um medicamento e só deve ser prescrito por dermatologistas. Os retinoides são muito eficazes como ativos transformadores e antienvelhecimento, mas têm a desvantagem de causar irritação em várias ocasiões (especialmente na pele sensível e reativa). Por outro lado, o seu uso tópico é desencorajado durante a gravidez e amamentação.

A pele sensível é aquela que reage exageradamente a uma infinidade de estímulos externos, incluindo produtos cosméticos. Até recentemente, havia poucas alternativas antienvelhecimento que pudéssemos oferecer aos pacientes com pele sensível e, em muitas ocasiões, as pessoas com pele sensível limitavam-se ao uso de produtos hidratantes suaves que lhes permitiam manter o equilíbrio da pele. No entanto, existem cada vez mais alternativas que nos permitem tratar os sinais de envelhecimento precoce em peles sensíveis.

O bakuchiol, ao contrário dos derivados da vitamina A, é respeitoso com todos os tipos de pele e serve como uma alternativa ao retinol, sem causar prurido, irritabilidade ou vermelhidão que o uso de retinoides geralmente acarreta. É uma boa alternativa ao retinol em peles sensíveis e reativas e pode ser prescrito sem problemas durante a gravidez e amamentação.

As peles sensíveis com vermelhidão ou tendência a rosácea devem ter cuidado especial com os produtos que utilizam no seu dia-a-dia. A gama Sensilis Upgrade vai ao encontro das necessidades da pele dos rostos mais sensíveis, reafirmando a pele sensível e aliviando a vermelhidão das peles mais reativas. Faz isso ao mesmo tempo que reduz as rugas e ajuda a pele a recuperar a sua firmeza e elasticidade.

Gostou deste artigo? Partilhe-o.

Produtos nesta história

Artigos relacionados

Cuidado-da-pele, Sustentabilidade | 25 Outubro

A liderar mudanças na sustentabilidade

Na Sensilis, estamos há mais de um ano a preparar a marca para o futuro que, na verdade, já é o presente. Revimos o Brand equity para manter a tradição farmacêutica de 40 anos.

Mudámos e queremos destacar alguns valores: a nossa sociedade, o nosso estilo de vida e nós, que também mudámos. Hoje temos mais motivos para falar sobre pele sensível do que os visionários de há 40 anos atrás.

Cuidado-da-pele, Pele-sensivel | 6 Outubro

Hiperpigmentação: Existem soluções eficazes mesmo em pele sensível

Ninguém gosta de ter a pele manchada. Mas a exposição solar desadequada, o normal envelhecimento cutâneo, alguns fármacos e a biologia individual de cada um, por vezes, ditam as regras do jogo. Neste artigo, falámos com a médica Joana Parente para perceber a origem da hiperpigmentação da pele, conhecer estratégias para travá-la e se possível evitá-la desde cedo. Na batalha contra as manchas, queremos que a saúde da pele fale mais alto.

Sensilis Solares

Cuidado-da-pele, Pele-sensivel, Rugas, Solares | 23 Junho

Sol, praia e pele sensível: quais os cuidados essenciais?

Chegaram os dias de calor e as idas à praia, com banhos de mar e algumas horas ao sol. Todos concordamos que a proteção contra a radiação solar é um cuidado transversal a todas as idades e tipos de pele, mas a pele sensível exige uma atenção especial. Falámos com duas médicas sobre os cuidados indispensáveis na hora de proteger este tipo de pele.